Quarta-feira, 25 de Julho de 2007

Conselhos Práticos sobre Utilização do Automóvel

 
 
   Utilização de veículo
Direcção pesada. O carro foge para os lados. Veja o piso e a pressão dos pneus. Se estiver muito baixa, pode fazer rebentar o pneu. Confirme o alinhamento da direcção. Um carro desequilibrado é pouco estável em curva.
 
Iluminação deficiente. Mantenha os farolins limpos e afinados. Só assim verá a estrada e os outros carros e será visto por outros condutores. Os faróis demasiados altos encadeiam os demais utentes da estrada.
 
Carroçaria balanceia em excesso. Substitua os amortecedores. Verifique com regularidade o seu líquido, as molas e as barras de torção. Uma suspensão em mau estado diminui drasticamente a sua segurança.
 
Indicação no painel. Travagem deficiente. Verifique o líquido e o cabo dos travões. As pastilhas deverão ser inspeccionadas a cada 15 mil km. Discos ou tambores em más condições alongam perigosamente as distâncias de travagem.
 
Reflexos no pára-brisas. Perda de visibilidade.  Limpe o pára-brisas com um líquido próprio. Se necessário, substitua as escovas. Com o pára-brisas sujo, terá dificuldades em conduzir sob chuva ou sol intenso.
 
Ocorrência de solavancos. Dificuldade em arrancar. Perda de rendimento do motor. Verifique e limpe as velas a cada 15 mil km. Se os sintomas continuarem, vá à oficina: o problema deve estar no carburador ou na bomba de injecção. Substitua os filtros de óleo e de ar nas quilometragens recomendadas.
 
Indicação do painel. Aquecimento excessivo do motor. Verifique o líquido refrigerante. Comprove que não há fugas no sistema de arrefecimento e que a ventoinha entra em funcionamento. O sobreaquecimento do motor pode provocar danos.
 
Indicação do painel. Alimentação eléctrica insuficiente. Problemas no sistema eléctrico do carro. Verifique regularmente o nível do líquido da bateria. Comprove que os bornes estão bem apertados e também que as correias não têm golpes, não apresentam desgaste e estão com a tensão correcta. O alternador pode ter algum problema.
 
Respeite todas as condições da garantia. Não «salte» nenhuma revisão prevista pelo construtor. Verifique se as revisões são anotadas no manual de manutenção do seu carro.
 
Efectue as revisões num concessionário autorizado pelo importador. Em caso de problema, será mais fácil ganhar a causa. A sua fidelidade será recompensada.
 
Não despreze os controlos de manutenção corrente. Se, por exemplo, o motor gripar por falta de óleo, poderá ser acusado de negligência na manutenção.
publicado por Paula Valentina às 03:00

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30

.posts recentes

. Pepino não serve só pra ...

. PARA QUEM GOSTA DE FEIJOA...

. AMIGOS DE TODOS OS TAMANH...

. Puto Inteligente.

. Para os mais antigos...e ...

. COMO DISSOLVER PEDRAS NOS...

. Boaaaaaaaaaaaaa

. Sem palavras...

. Não deixe de ver...é esp...

. INOVAÇÕES PRÁTICAS E ÚTE...

.arquivos

. Novembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Junho 2009

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.favorito

. Memórias vilacondenses (V...

. Caleidoscópio

.participar

. participe neste blog

blogs SAPO

.subscrever feeds