Sexta-feira, 13 de Outubro de 2006

Semeando


>
>Semei aos quatro ventos os seus desejos, espalhe-os como se fossem
>sementes. Adube-os com os seus sonhos e um dia, eles retornarão em forma de
>realidade. Seja otimista mesmo diante da negação, do que parece ser
>intransponível. A maior barreira continua sendo o teu pensamento.
>Cumprimente a todos igualmente, não faça distinção das pessoas, todos têm
>um dom especial e diferente, que poderá ser útil quando tu menos esperares.
>Enquanto o amor não acontece, abra teu coração para novas experiências. Ame
>mais o próximo, ame mais os familiares, os antipáticos, os animais e a
>natureza. Se o amor já bateu na tua porta e anda meio apagado, acenda a
>chama buscando nas tuas memórias os pequenos gestos que um dia os
>aproximou.
>Ao invés de cobrar, ofereça aquilo que desejas receber, assim o amor
>renasce e se fortalece. Se por algum motivo, a solidão tomar posse das tuas
>noites, nada de desespero. Aproveite para se conhecer melhor, escreva o teu
>diário, as tuas memórias.
>Planeje o teu futuro, e durante o dia busque ser mais solidário.
>Ore por alguém, seja por um familiar, um amigo querido, ou se possível, por
>aquela pessoa que tu não entendes porque não gostas, ou aquela que tem algo
>contra ti. A melhor coisa da vida é ter alguém que orar por nós. Plante uma
>árvore, seja na tua rua, no quintal, num hotel fazenda, ou mesmo uma
>pequena planta na varanda de um apartamento. Alimente e proteja a liberdade
>das aves. Árvores, aves e plantas são mensageiras de Deus, experimente
>rotineiramente conversar com elas.
>Por fim, para que a vida se complete, adote uma causa para lutar, seja a
>tua felicidade, a defesa da natureza, dos animais, dos órfãos, dos idosos,
>dos que têm doenças crônicas, das vítimas da violência, ou qualquer outra
>boa causa, assim tu esquece dos teus problemas, passa a ter a certeza que
>todos eles juntos são menores que uma só dessas vitimas da crueldade do
>mundo que ainda não aprendeu que somos todos irmãos.
>Sê feliz, simplesmente feliz, com o que tu tens hoje, com o que terás
>amanhã e com a bagagem que trouxeste de ontem. (Simone Rezende) Beijo doce
>Si *.*
publicado por Paula Valentina às 23:22

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30

.posts recentes

. Pepino não serve só pra ...

. PARA QUEM GOSTA DE FEIJOA...

. AMIGOS DE TODOS OS TAMANH...

. Puto Inteligente.

. Para os mais antigos...e ...

. COMO DISSOLVER PEDRAS NOS...

. Boaaaaaaaaaaaaa

. Sem palavras...

. Não deixe de ver...é esp...

. INOVAÇÕES PRÁTICAS E ÚTE...

.arquivos

. Novembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Junho 2009

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.favorito

. Memórias vilacondenses (V...

. Caleidoscópio

.participar

. participe neste blog

blogs SAPO

.subscrever feeds