Segunda-feira, 23 de Outubro de 2006

FALAR DE AMOR...BOM DIA QUERIDOS...

>>FALAR DE AMOR...
>>
>>Falar de amor é até comum e bem simples nos dias de hoje. Mas falar do >>Amor é sempre uma tarefa difícil, pois, por mais que o conheçamos, ainda >>não conseguimos compreendê-lo e praticá-lo plenamente. Nosso amor até pode >>ser bem intencionado, mas é ainda imperfeito, incompleto e mal >>direcionado.
>>
>>Sabemos que, na verdade, o Amor é único e perfeito e que, em qualquer >>circunstância, trabalha para iluminar e envolver a tudo e a todos, sem >>distinção. No entanto, nós ainda amamos de várias maneiras como se o amor >>pudesse ser dividido em tipos, classes, estilos ou níveis...
>>
>>E é assim que nós auxiliamos o necessitado, mas não deixamos de proclamar >>aos quatro ventos o tempo e o esforço despendidos...
>>
>>Compreendemos as limitações alheias, mas não nos furtamos ao hábito quase >>irresistível de comentá-las maliciosamente...
>>
>>Pedimos a bênção em favor daqueles que nos são mais queridos, mas nos >>esquecemos de abençoá-los nós mesmos com vibrações de carinho e afeto...
>>
>>Incentivamos o bom ânimo daquele irmão que se encontra em desespero, mas >>não economizamos desânimo quando se trata de incentivar a nós mesmos...
>>
>>Ensinamos as boas lições aprendidas aos que ainda se demoram na >>ignorância, mas deixamos de exemplificar nós mesmos até as lições mais >>simples e rotineiras...
>>
>>Aliamo-nos à causa do bem incondicional, mas ficamos sempre à espera de >>recompensa justa e imediata...
>>
>>Cremos com fervor num futuro melhor para todos, mas não nos sentimos >>dispostos a ser os primeiros a dar o passo inicial em direção ao amanhã >>promissor...
>>
>>Perdoamos a quem nos ofende, mas dificilmente esquecemos a ofensa >>praticada...
>>
>>Escrevemos amor com "a" minúsculo, quando, na verdade, o Amor é para ser >>escrito, falado, sentido e praticado com "A" maiúsculo...
>>
>>Eis aí, pois, o nosso amor... limitado e distorcido por nossas próprias >>imperfeições.
>>
>>Mas seja como for, amemos... amemos cada um à nossa própria maneira, >>porque Deus, que nos ama incondicionalmente e não se ressente jamais com >>os nossos erros, fará com que nós caminhemos uns ao encontro dos outros e >>todos ao encontro dEle, amando por amar, perdoando por amor e trabalhando >>pelo Verdadeiro e Único Amor... (Maísa Intelisano) Desejo a todos um...
>>
>>Beijinhos carinhosos nestes lindos corações e almas da amiga...
publicado por Paula Valentina às 11:04

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30

.posts recentes

. Pepino não serve só pra ...

. PARA QUEM GOSTA DE FEIJOA...

. AMIGOS DE TODOS OS TAMANH...

. Puto Inteligente.

. Para os mais antigos...e ...

. COMO DISSOLVER PEDRAS NOS...

. Boaaaaaaaaaaaaa

. Sem palavras...

. Não deixe de ver...é esp...

. INOVAÇÕES PRÁTICAS E ÚTE...

.arquivos

. Novembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Junho 2009

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.favorito

. Memórias vilacondenses (V...

. Caleidoscópio

.participar

. participe neste blog

blogs SAPO

.subscrever feeds