Domingo, 28 de Janeiro de 2007

Um dos rabos mais bonitos da Internet...

untitled-2.jpg

untitled-3.jpg

untitled-4.jpg

untitled-5.jpg

untitled-6.jpg

untitled-7.jpg

untitled-8.jpg

publicado por Paula Valentina às 11:48

link do post | comentar | favorito
Domingo, 14 de Janeiro de 2007

Bom Dia

bom dia.gif

200bbd.gif

publicado por Paula Valentina às 17:59

link do post | comentar | favorito

Marcas e Feridas

>>Não, as feridas da alma não são visíveis,
>>não aparecem na tomografia, nem na ressonância,
>>mas os seus efeitos se materializam
>>em diversas formas, doenças desconhecidas,
>>apetite que some, a dor na cabeça,
>>a insônia que vira companheira,
>>são sintomas vivos das decepções...
>>
>>A frustração de um amor que se foi,
>>marca o coração com o medo,
>>deixa aquele sabor de derrota pessoal,
>>nos coloca abaixo da linha do mundo,
>>e nada que digam nos consola.
>>
>>O emprego que se perde depois de anos,
>>onde colocamos a vida e os sonhos,
>>machuca tanto quando um corte profundo,
>>só que o corte estancamos,
>>e esse sentimento de frustração não...
>>
>>As feridas da alma surgem também da ansiedade,
>>da esperança de dias melhores que não chegam,
>>da casa que não construímos,
>>do carro que perdemos, do lar abandonado,
>>da escola que não conseguimos concluir,
>>do amigo que nem era tão amigo assim...
>>
>>Só o amor fraterno e universal é lenitivo,
>>e se transforma no verdadeiro curativo.
>>para todas as dores da alma.
>>Começa com o perdão, fonte de transformação,
>>e termina com a decisão de mudar,
>>de aceitar as nossas dificuldades,
>>e decidir que apesar das dores,
>>merecemos a felicidade e por ela,
>>devemos lutar a cada novo dia,
>>como hoje, que te espera para vencer,
>>seja feliz.
>>
>>Eu acredito em você.
publicado por Paula Valentina às 17:57

link do post | comentar | favorito

Saber perder é a única receita para ganhar sempre.

>>Quem já aprendeu a perder é aquele que conseguiu
>>vencer a vaidade, a arrogância e a prepotência.
>>Ele é um vencedor em qualquer circunstância,
>>porque está livre de coisas pequenas.
>>
>>
>>
>>Quem já aprendeu a perder comemora
>>só a própria vitória quando vence.
>>Ele não comemora a derrota de outrem porque
>>não vê graça nenhuma em brindes a derrotas.
>>Ele sabe que não é preciso nenhuma força
>>para "chutar cachorro morto".
>>
>>
>>Quando ele festeja a vitória, ele não desrespeita o vencido
>>porque está consciente de que num dia ele
>>pode ser o caçador e num outro dia ser a caça.
>>Ele já reconhece - e aceita - a virada das marés.
>>
>>
>>
>>Quem já aprendeu a perder consegue perceber
>>a hora de dar um passo atrás, deixando que um outro avance.
>>Ele conhece a medida exata da sua força e
>>da sua capacidade para esta ou aquela tarefa, e
>>nunca sai machucado em nenhuma situação de derrota.
>>Ele venceu o orgulho, a necessidade de sempre
>>"estar por cima" e a busca por aprovação de terceiros.
>>Ele se aprova, e isso lhe basta.
>>
>>
>>
>>Quem já aprendeu a perder sabe sair de cena na hora certa e
>>apronta as malas calmamente,
>>deixando o caminho livre para aqueles que, num determinado
>>caso e num determinado momento, estão mais prontos
>>e mais aptos do que ele para fazer o que há que ser feito.
>>Ele conhece seus próprios limites.
>>
>>
>>
>>Só por saber perder ele é sempre um vencedor.
>>Tem maturidade suficiente para saber-se "criança",
>>tem coragem para se acovardar frente a forças maiores do que ele,
>>e abre mão de ser um herói
>>quando percebe que nada mais pode ser feito.
>>Ele não teima com o impossível.
>>
>>
>>
>>Quem já aprendeu a perder é grande, é médio,é pequeno,
>>de acordo com as características da situação que a ele se apresenta.
>>
>>
>>Ele não quer vencer sempre
>>porque a maior de todas as batalhas ele já venceu:
>>aquela travada consigo mesmo,
>>para atingir a iluminação e o auto-conhecimento.
>>
>>
>>
>>Quem já aprendeu a perder é um
>>Especialista na Arte de Viver.
publicado por Paula Valentina às 17:57

link do post | comentar | favorito

Foi assim sua primeira vez???

>>A primeira vez dela:
>>
>>Ele - Vamos começar?
>>
>>Ela - Não sei, estou com medo!
>>
>>Ele - Medo de quê?
>>
>>Ela - Medo de doer.
>>
>>Ele - Um dia você vai ter que deixar.
>>
>>Ela - Acho que não.
>>
>>Ele - Confie em mim. Eu vou devagar.
>>
>>Ela - Como fico?
>>
>>Ele - Nessa posição.
>>
>>Ela - Assim?
>>
>>Ele - Abra mais um pouco.
>>
>>Ela - Ai, está doendo.
>>
>>Ele - Agüenta firme, não posso parar.
>>
>>Ela - Não posso agüentar mais.
>>
>>Ele - Abra mais.
>>
>>Ela - Está doendo.
>>
>>Ele - Vou tirar.
>>
>>Ela - Que alívio!
>>
>>Ele - Até que não fomos mal.
>>
>>Ela - Ai, está sangrando.
>>
>>Ele - Sempre sangra um pouco.
>>
>>Ela - E se não parar?
>>
>>Ele - Claro que pára.
>>
>>Ela - Como você sabe?
>>
>>Ele - Tenho experiência.
>>
>>Ela - Está parando.
>>
>>Ele - Não disse?!
>>
>>Ela - Quando volto para arrancar o outro dente?
>>
>>Eu - Hei !!! pensou besteira né? Envie para outra pessoa que irá pensar
>>besteira como vc... rsrsrsrs
publicado por Paula Valentina às 15:52

link do post | comentar | favorito

SER TRANSPARENTE...

>>DIFÍCIL SER TRANSPARENTE?
>>ÀS VEZES, FICO ME PERGUNTANDO PORQUE É TÃO DIFÍCIL SER TRANSPARENTE? >>COSTUMAMOS ACREDITAR QUE SER TRANSPARENTE É SIMPLESMENTE SER SINCERO, NÃO >>ENGANAR OS OUTROS. MAS SER TRANSPARENTE É MUITO MAIS DO QUE ISSO.
>>É TER CORAGEM DE SE EXPOR,
>> DE SER FRÁGIL, DE CHORAR, DE FALAR DO QUE A GENTE SENTE...
>>SER TRANSPARENTE É DESNUDAR A ALMA, É DEIXAR CAIR AS MÁSCARAS, BAIXAR AS >>ARMAS, DESTRUIR OS IMENSOS E GROSSOS MUROS QUE NOS EMPENHAMOS TANTO PARA >>LEVANTAR...
>>SER TRANSPARENTE É PERMITIR QUE TODA A NOSSA DOÇURA AFLORE, DESABROCHE, >>TRANSBORDE!
>>MAS INFELIZMENTE, QUASE SEMPRE, A MAIORIA DE NÓS DECIDE NÃO CORRER ESSE >>RISCO. PREFERIMOS A DUREZA DA RAZÃO À LEVEZA QUE EXPORIA TODA A >>FRAGILIDADE HUMANA.
>>PREFERIMOS O NÓ NA GARGANTA ÀS LÁGRIMAS QUE BROTAM DO MAIS PROFUNDO DE >>NOSSO SER...
>> PREFERIMOS NOS PERDER NUMA BUSCA INSANA POR RESPOSTAS IMEDIATAS À >> SIMPLESMENTE NOS ENTREGAR E ADMITIR QUE NÃO SABEMOS, QUE TEMOS MEDO!
>>POR MAIS DOLOROSO QUE SEJA TER DE CONSTRUIR UMA MÁSCARA QUE NOS DISTANCIA >>CADA VEZ MAIS DE QUEM REALMENTE SOMOS, PREFERIMOS ASSIM: MANTER UMA IMAGEM >>QUE NOS DÊ A SENSAÇÃO DE PROTEÇÃO...
>>E ASSIM, VAMOS NOS AFOGANDO MAIS E MAIS EM FALSAS PALAVRAS, EM FALSAS >>ATITUDES, EM FALSOS SENTIMENTOS. NÃO PORQUE SEJAMOS PESSOAS MENTIROSAS, >>MAS APENAS PORQUE NOS PERDEMOS DE NÓS MESMOS E JÁ NÃO SABEMOS ONDE ESTÁ >>NOSSA BRANDURA, NOSSO AMOR MAIS INTENSO E NÃO-CONTAMINADO.
>>COM O PASSAR DOS ANOS, UM VAZIO FRIO E ESCURO NOS FAZ PERCEBER QUE JÁ NÃO >>SABEMOS DAR E NEM PEDIR O QUE DE MAIS PRECIOSO TEMOS A COMPARTILHAR, >>DOÇURA, COMPAIXÃO...
>>A COMPREENSÃO DE QUE TODOS NÓS SOFREMOS, NOS SENTIMOS SÓS, IMENSAMENTE >>TRISTES E CHORAMOS BAIXINHO ANTES DE DORMIR, NUM SILÊNCIO QUE NOS REMETE A >>UMA SAUDADE DESESPERADA DE NÓS MESMOS...
>>DAQUILO QUE PULSA E GRITA DENTRO DE NÓS, MAS QUE NÃO TEMOS CORAGEM DE >>MOSTRAR ÀQUELES QUE MAIS AMAMOS! PORQUE, INFELIZMENTE, APRENDEMOS QUE É >>MELHOR REVIDAR, DESCONTAR, AGREDIR, ACUSAR,
>>CRITICAR E JULGAR DO QUE
>>SIMPLESMENTE DIZER: "VOCÊ ESTÁ ME MACHUCANDO... PODE PARAR, POR
>>FAVOR?".
>>PORQUE APRENDEMOS QUE DIZER ISSO É SER FRACO, É SER
>>BOBO, É SER MENOS DO QUE O OUTRO. QUANDO, NA VERDADE, SE AGÍSSEMOS COM O >>CORAÇÃO, PODERÍAMOS EVITAR TANTA DOR, TANTA DOR...
>>
>> DEIXEMOS EXPLODIR TODA A NOSSA DOÇURA!
>>QUE CONSIGAMOS NÃO PRENDER O CHORO, NÃO CONTER A GARGALHADA, NÃO ESCONDER >>TANTO O NOSSO MEDO, NÃO DESEJAR PARECER TÃO INVENCÍVEL. QUE CONSIGAMOS NÃO >>TENTAR CONTROLAR TANTO, RESPONDER TANTO, COMPETIR TANTO...
>>QUE CONSIGAMOS DOCEMENTE VIVER... SENTIR, AMAR...
>>E QUE VOCÊ SEJA NÃO SÓ RAZÃO, MAS TAMBÉM CORAÇÃO,
>>NÃO SÓ UM ESCUDO, MAS TAMBÉM SENTIMENTO.
>>SEJA TRANSPARENTE,
>>APESAR DE TODO O RISCO QUE ISSO POSSA SIGNIFICAR.
publicado por Paula Valentina às 15:51

link do post | comentar | favorito

A VOZ DO SILÊNCIO

Image42.jpg


>> Então, parei para interpretar a frase acima e ...
>> imediatamente me veio à cabeça situações
>> em que o silêncio me disse verdades terríveis pois,
>> você sabe, o silêncio não é dado a amenidades.
>>
>> Um telefone mudo.
>> Um e-mail que não chega.
>> Um encontro onde nenhum dos dois abre a boca.
>> Silêncios que falam sobre desinteresse,
>> esquecimento, recusas.
>>
>> Quantas coisas são ditas na quietude,
>> depois de uma discussão.
>> O perdão não vem,
>> nem um beijo,
>> nem uma gargalhada
>> para acabar com o clima de tensão.
>> Só ele permanece imutável,
>> o silêncio,
>> a ante-sala do fim.
>>
>> É mil vezes preferível uma voz
>> que diga coisas que a gente não quer ouvir,
>> pois ao menos as palavras
>> que são ditas indicam uma tentativa de entendimento.
>>
>> Cordas vocais em funcionamento articulam argumentos, expõem suas
>>queixas, jogam limpo.
>> Já o silêncio arquiteta planos que não são compartilhados.
>> Quando nada é dito, nada fica combinado.
>>
>> Quantas vezes,
>> numa discussão histérica,
>> ouvimos um dos dois gritar:
>>
>> " Diz alguma coisa,
>> mas não fica aí parado me olhando! "
>>
>> É o silêncio de um mandando más notícias
>> para o desespero do outro.
>>
>> É claro que há muitas situações
>> em que o silêncio é bem-vindo.
>>
>> Para um cara que
>> trabalha com uma britadeira na rua,
>> o silêncio é um bálsamo.
>> Para a professora de uma creche,
>> o silêncio é um presente.
>> Para os seguranças de um show de rock,
>> o silêncio é um sonho.
>>
>> Mesmo no amor,
>> quando a relação é sólida e madura,
>> o silêncio a dois não incomoda,
>> pois é o silêncio da paz.
>>
>> O único silêncio que perturba é aquele que fala.
>>
>> E fala alto.
>> É quando ninguém bate à nossa porta,
>> não há recados na secretária eletrônica
>> e mesmo assim você entende a mensagem.
>>
>> Paz no Coração
publicado por Paula Valentina às 01:49

link do post | comentar | favorito

CAMINHOS PARA A VIDA

b.gif

n.gif

evening_due.jpg


>> Quando cortas uma flor para ti
>> começas a perdê-la...
>> Porque murchará em tuas mãos
>> e não se fará semente
>> para outras primaveras
>>
>> Quando aprisionas um passarinho para ti,
>> começas a perdê-lo...
>> porque não mais cantará
>> no bosque para ti
>> e nem criará outros passarinhos
>> em seu ninho.
>>
>> Quando guardas teu dinheiro,
>> começas a perdê-lo...
>> porque o dinheiro não vale por si só
>> mas pelo que com ele se pode fazer.
>>
>> Quando não arriscas
>> tua liberdade para tê-la,
>> começas a perdê-la...
>> Porque a liberdade que tens se comprova
>> quando te atiras, optando e decidindo.
>>
>> Quando não deixas partir o teu filho
>> para a vida, começas a perdê-lo...
>> Porque nunca o verás
>> voltar para ti livre e maduro.
>>
>> Aprende no caminho da vida
>> a paradoxal lição da experiência:
>> sempre ganhas o que deixas,
>> e perdes o que reténs.
>>
>> (autor desconhecido)
publicado por Paula Valentina às 01:48

link do post | comentar | favorito
Domingo, 7 de Janeiro de 2007

Foto de Familia

pic21724.jpg

publicado por Paula Valentina às 11:47

link do post | comentar | favorito

Grande Amigo

>>Estou, é da polícia?
>>- É sim, em que posso ajudá-lo?
>>- Queria fazer queixa do meu vizinho Manel. Ele esconde droga dentro
>> dos
>>troncos da madeira para a lareira.
>>- Tomámos nota. Muito obrigado por nos ter avisado.
>>No dia seguinte os agentes da polícia estavam em casa do Manel.
>>Procuraram
>>o
>>sítio onde ele guardava a lenha, e usando machados abriram ao meio
>>todos os
>>toros que lá havia, mas não encontraram droga nenhuma. Praguejaram
>>e
>>foram-se embora. Logo de seguida toca o telefone em casa do Manel.
>>- Hei, Manel, já aí foram os tipos da polícia?
>>- Já.
>>- E racharam-te a lenha toda?
>>- Sim
>>- Então feliz natal, amigão! Essa foi a minha prenda!
publicado por Paula Valentina às 11:45

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30

.posts recentes

. Pepino não serve só pra ...

. PARA QUEM GOSTA DE FEIJOA...

. AMIGOS DE TODOS OS TAMANH...

. Puto Inteligente.

. Para os mais antigos...e ...

. COMO DISSOLVER PEDRAS NOS...

. Boaaaaaaaaaaaaa

. Sem palavras...

. Não deixe de ver...é esp...

. INOVAÇÕES PRÁTICAS E ÚTE...

.arquivos

. Novembro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Junho 2009

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.favorito

. Memórias vilacondenses (V...

. Caleidoscópio

.participar

. participe neste blog

blogs SAPO

.subscrever feeds